GUIA COMERCIAL


MEMÓRIA PADRE ALEIXO

PADRE ALEIXO XAVIER DE MARIA CORDEIRO

Padre Aleixo Cordeiro

Nasceu na Paróquia de Mapuçá, Goa a 29 de Janeiro de 1916
Faleceu na Paróquia de Carcavelos, a 27 de Janeiro de 1998

 

Nasceu numa família profundamente cristâ e de elevado sentido apostólico, onde sempre se cultivou a preocupação, abertura e acolhimento dos outros, especialmente dos mais desprotegidos. Esse ambiente foi determinante para que três dos onze irmãos tivessem sido padres.

Ordenado Presbítero em 09/10/1938, em Goa, foi mais tarde para Roma aprofundar os estudos. Mas devido à 2ª Guerra Mundial, acabou por ficar no Patriarcado de Lisboa a partir de 1940.

De grande inteligência, cultura e notável sentido pedagógico, esteve, como professor, no Seminário de Almada, perto de 11 anos, marcando indelevelmente os que com ele privaram.

Grande entusiasta dos Cursos da Cristandade, dedicou-lhe muitos anos da sua vida, vindo a ser director Diocesano e Nacional desse Movimento.

A nível paroquial, e sempre na Diocese de Lisboa, colaborou durante cerca de 4 anos na Paróquia de Nossa Senhora de Fátima; depois de 1956 a 1970, como Pároco da Ajuda e, por fim, como Pároco de Carcavelos, sua última Paróquia, que serviu perto de 27 anos.

É precisamente neste serviço paroquial que mais se evidenciou o seu extraordinário sentido pastoral, bem como a sua rara visão do que entendia ser o papel da Igreja no mundo actual.

Esta acção, exercida discreta e humildemente, assentava numa intensa vida de oração e de doação ao próximo. A Todos acolhia, a todos servia, a todos amava, especialmente os mais desprotegidos e os marginalizados, mas sempre com total respeito pela pessoa Humana e pelas suas liberdades e opções.

Estes dons, aliados a uma enorme capacidade de iniciativa, criatividade e determinação, deram força à construção de uma verdadeira Comunidade: um espaço onde as pessoas se conheçam, se interessem umas pelas outras e estabeleçam entre elas laços de solidariedade e partilha.

Este projecto viu-o concretizado na Obra, em muitos aspectos pioneira, que fundou em 1981, o Centro Comunitário da Paróquia de Carcavelos. Nele deixou bem impresso o admirável espírito que sempre o animou.

Veio a falecer a 27 de Janeiro 1998, deixando muita saudade e uma enorme responsabilidade comunitária.

Visite o site do Centro Comunitário da Paróquia de Carcavelos





 
Previsão Tempo para Carcavelos a 3 Dias


COM O APOIO DE:
SANTINI CARCAVELOS